Qual a importância do microambiente e macroambiente no meio digital?

Por Lucas Carrara
Blog | 01.12.2017

Agencia digital 242

No meio digital é preciso estar atento a todos os tipos de influências no mercado.

 

Este artigo tem como objetivo analisar o estudo do ambiente mercadológico e relacionar com possíveis influências do marketing digital.

A ideia de separar a economia entre micro e macroambiente foi estabelecida pelo economista Philip Kotler em 1998. Ele acreditava que para analisar a estrutura de mercado é necessário olhar para esses dois ambientes e as forças que influenciam elas.

 

Em suma, podemos resumir os dois ambientes da seguinte maneira:

Micro – Fatores internos da empresa;

Macro – Fatores ligados a aspectos econômicos, sociais, culturais, que a empresa não controla.

 

Microambiente

Consiste em conjuntos de forças e condições que se originam com fornecedores, distribuidores, clientes, credores, concorrentes e acionistas, bem como sindicatos e a comunidade em que o negócio opera. Essas forças, diariamente, afetam a capacidade da organização de obter insumos. Os fatores no microambiente são em grande parte controlados pelos gestores.  

As forças no ambiente microambiental resultam das ações de quatro elementos principais, fornecedores, distribuidores, clientes e concorrentes. Esses grupos afetam a capacidade do gestor ou da empresa de produzir diariamente, semanalmente e mensalmente.

 

Fornecedores:

Os fornecedores são indivíduos ou organizações que fornecem a uma empresa vários insumos (como matérias-primas, componentes ou funcionários) necessários para a produção. É importante que o gestor garante um fornecimento confiável de recursos. A eficácia do sistema de abastecimento determina a sobrevivência e o crescimento a longo prazo da organização.

Se sua empresa fornece produtos/serviços é importante prospectar os clientes online, anunciando no Google e Facebook. Assim gerar uma campanha de leads, para novos consumidores.

 

Distribuidores:

No microambiente dos negócios, outra força influenciadora são os distribuidores. Os distribuidores são organizações que ajudam outras organizações a vender seus bens e serviços aos clientes. As decisões que os gestores fazem sobre como distribuir produtos aos clientes podem ter um efeito importante no desempenho organizacional.

O Market Place é uma das soluções para solucionar os problemas com os distribuidores. O cliente pode comprar os seus produtos por outros meios. Evitando intermédios e canalizando as vendas diretamente para sua empresa.

 

Cliente:

Os clientes são outro grupo influenciador no ambiente operacional dos negócios. Os clientes são os indivíduos e grupos que compram bens e serviços que uma empresa produz. Os gostos e necessidades dos clientes resultam em oportunidades e ameaças.

Uma empresa deve atender às necessidades e desejos de seus clientes ou exceder as expectativas dos clientes. A empresa deve convencer o cliente para ter sucesso neste ambiente comercial competitivo, imprevisível e desafiador.

Existem inúmeras maneiras de impactar o cliente. Uma delas é anunciar no Google, em diversas modalidades, como: adwords; display; remarketing; YouTube e outros caminhos.

 

Concorrentes:

Os concorrentes são empresas que produzem bens e serviços que são semelhantes aos bens e serviços de outra empresa. Em outras palavras, são empresas que estão competindo pelos mesmos clientes. A rivalidade entre concorrentes é potencialmente a força mais ameaçadora que os gestores devem lidar. Um alto nível de rivalidade muitas vezes resulta em concorrência de preços. A queda dos preços reduz acessos de recursos e menor lucro.

Analisar os concorrentes é uma das melhores opções para aprender os caminhos que eles conseguem chegar até os clientes. No SEMRush é possível analisar as palavras-chave pagas, backlinks, pesquisa orgânica. Leia o artigo “5 Ferramentas sobre Martech” e descubra algumas vantagens.  

 

 

Macroambiente

Este ambiente refere-se às amplas forças econômicas, socioculturais, políticas, legais e tecnológicas que afetam a empresa e seu ambiente operacional. Essas forças se originam além da situação operacional da empresa. O macroambiente também é chamado de ambiente externo ou remoto. O macroambiente apresenta ameaças e oportunidades que muitas vezes são mais difíceis de lidar, do que com eventos no microambiente.

 

Forças Econômicas:

As forças econômicas têm um impacto significativo no sucesso de qualquer empresa. Essa força em fatores afetam as condições de aquisição e mercado de vendas. Por exemplo: aqui no Brasil, onde o real está tão desvalorizado em relação às moedas estrangeiras (dólar e libra), que a importação de insumos de produção necessários cria uma grande ameaça para os gestores corporativos. Seguindo a linha de raciocínio, os períodos de crescimento econômico insalubre (como o que vivemos atualmente), ocasionados por fatores como inflação, aumento do desemprego, altas taxas de juros e altos impostos, entre outros, geram graves problemas as pessoas e empresas. A situação piora no caso de empresas emergentes ou novas.

Atuar com preços baixos e boas condições de compra é primordial para garantir o mercado para si. A oferta e demanda é primordial para a elaboração dos preços, porém, devido a competitividade, os preços podem se elevar por visionar o lucro. Ponha na balança as margens de lucro e anuncie seu produto em todos os canais possíveis.

 

Forças Políticas e Legais:

As forças políticas e legais são paralelas ao ambiente social. Isso ocorre porque as leis são normalmente aprovadas após pressões e problemas sociais. Aqui no Brasil, além disso, as leis que regem o macroambiente incluem legislações sobre políticas monetárias e fiscais, entre outros problemas que nos pressionam e controlam. Esses regulamentos influenciam positivamente ou negativamente as operações comerciais.

A legislação de políticas fiscais e monetárias, por exemplo, poderia encorajar alívios fiscais favoráveis e assistência financeira à pequena indústria. O desafio, porém, é que, considerando a natureza do nosso clima político, as leis mudam nos caprichos dos líderes políticos.

 

Forças Tecnológicas:

As forças ou fatores tecnológicos são os mais difundidos no meio ambiente. A tecnologia refere-se à aplicação da base de conhecimento que a ciência fornece. É um fato bem estabelecido que a tecnologia da informação e da comunicação revolucionou nas operações comerciais.

Os gestores corporativos devem se adaptar a essas mudanças, a fim de sobreviver e prosperar neste ambiente de negócios competitivos e desafiadores. As mudanças constituem ameaças e oportunidades para qualquer empresa.

Procure sempre se atualizar sobre diversas ferramentas tecnológicas e implemente na sua empresa. Desde ferramentas para traçar os leads com maior qualidade, especificar os dados de mercado, aprimorar a comunicação, etc.

 

Forças Socioculturais:

As forças socioculturais têm a ver com as atitudes e os valores da sociedade. Estes em grande medida, moldam o comportamento. As mudanças nos fatores socioculturais também afetam as empresa em suas relações internas.

Em suma, o impacto das forças socioculturais é sentida na mudança de necessidades, gostos e preferências dos consumidores em relação aos empregados e nas expectativas da sociedade, da empresa em relação à sua responsabilidade social.

 

 

Tags:     , , , , ,

Compartilhe
Conteúdo em áudio: tendência
Cocriação e inovação

Notícias relacionadas

Blog | 07.12.2017


Conteúdo em áudio: tendência

Conteúdo em áudio está chegando como tendência no mercado digital. Uma nova ferramenta de suporte ao marketing de conteúdo. Com a opção de [...]

Leia mais →
Agencia digital 242

Blog | 01.12.2017


Qual a importância do microambiente e macroambiente no meio digital?

No meio digital é preciso estar atento a todos os tipos de influências no mercado.   Este artigo tem como objetivo analisar o estudo do [...]

Leia mais →

Blog | 27.11.2017


Cocriação e inovação

Cocriação gera inovação, e inovação é a mina de ouro do século 21. Grandes empresas de diversos segmentos deram seus primeiros passos [...]

Leia mais →