Selo Abradi

Se a sua companhia trabalha com números abertos, você deve saber que muitas vezes é difícil fazer com que os resultados alcançados em relação às metas, cheguem aos diversos setores da empresa com clareza e sem complicação.

Mas e aí, o que fazer para que todos os setores da minha empresa possam monitorar a evolução dos números de acordo com os objetivos e metas estabelecidos? Como fazer para que esses resultados cheguem de forma descomplicada para que qualquer pessoa possa compreender essas informações?

Fique tranquilo, iremos te dar algumas dicas valiosas para que você e sua empresa possam ter um melhor e mais amplo gerenciamento de resultados.

O que é um dashboard e como utilizá-lo a favor do monitoramento de resultados da empresa?

Dashboards são painéis que fornecem indicadores para atingir metas e objetivos traçados de maneira visual, a fim de facilitar a compreensão. O dashboard é uma ferramenta muito eficiente e as informações geradas por ele podem ser facilmente acessadas e compreendidas por qualquer pessoa.

Essa característica do painel de controle se explica pelo fato de que as informações em formato visual são muito mais simples de serem lidas. Esse processo é feito de maneira intuitiva e espontânea, diferentemente de outros tipos de alternativas para geração de informações.

Para construir um dashboard é necessário responder a perguntas essenciais, para que se chegue a respostas desejadas. Ou seja, se você não souber o que perguntar, o dashboard não saberá o que responder. Uma coisa está ligada à outra.

Para isso, a definição das métricas de KPIs é essencial. Ao determinar as métricas de acompanhamento você consegue fazer as perguntas necessárias. Feito isso, fica muito mais simples seguir para os próximos passos.

De que forma as informações e dados podem ser representados nesses painéis de controle?

A infografia é um recurso muito utilizado para decifrar dados e números. Com um infográfico fica muito mais simples compreender essas informações e, como os gráficos são universais, muitas pessoas já dominam ou, pelo menos, possuem conhecimentos básicos dessa leitura.

O objetivo primordial do painel de controle é fornecer informações de forma simples, rápida e eficiente. Para isso, existem alguns tipos de painéis e é necessário definir qual deles será utilizado, a fim de poder detalhar cada ponto ao máximo.

Quais são os tipos de dashboard e qual a finalidade de cada um?

Existem basicamente 3 tipos de painel de controle disponíveis para suprir a demanda de gerenciamento de dados: os operacionais ; os táticos; e os estratégicos. Cada um deles atende a um setor específico da empresa, contribuindo para o monitoramento dos resultados.

Abaixo iremos descrever melhor cada um deles para que você saiba qual dashboard é o mais adequado para sua empresa:

  • Dashboard operacional: esse tipo de painel possibilita analises específicas e é utilizado por equipes de trabalho, com foco em certos processos. Com métricas que precisam ser analisadas e acompanhadas frequentemente, o tipo operacional fornece dados que permitem identificar falhas no processo e, com isso, ajudam a corrigir problemas e tendências negativas. Além disso, facilitam a comunicação e interação de todos os funcionários envolvidos.
  • Dashboard tático: esse tipo tem função gerencial, isso quer dizer que ele permite que os gestores de cada departamento possam tomar decisões a médio prazo, baseadas na análise dos indicadores fornecidos pelo painel.
  • Dashboard estratégico: esse tipo auxilia na obtenção de resultados a longo prazo. Os resultados passados podem auxiliar a empresa a desenvolver estratégias para atingir melhores efeitos e resultados mais satisfatórios no futuro. Os indicadores de performance e as informações comparativas com o período precedente , podem ser acompanhadas e analisadas para se ter um panorama dos resultados anteriores e atuais.

Como construir um dashboard – o que fazer e o que não fazer

Para a construção de um painel de controle de resultados é importante tomar certas precauções para que ele não perca a funcionalidade, nem tenha um baixo desempenho na hora de executar suas funções.

Definir o público e os objetivos é um passo essencial. Além disso, é necessário definir qual informação você quer priorizar, deixando de lado informações e dados desnecessários. Dessa forma, você consegue evitar confusões e tomadas de decisão equivocadas.

Além de priorizar informações relevantes é importante priorizar o tempo. Se a informação é difícil de ser entendida, ou se para entendê-la é necessário muito blá blá blá, isso pode querer dizer que alguma coisa precisa ser melhorada no seu painel. As pessoas precisam visualizar e, no menor tempo possível, conseguir compreender tudo o que está sendo transmitido.

O cuidado com a apresentação dos dados também é essencial. É necessário avaliar qual recurso é mais eficiente para cada objetivo. Em alguns casos, os gráficos podem ser extremamente úteis, em outros, pode ser mais vantajoso optar pelo texto.

Em todo caso, se você quer desenvolver um painel de controle, mas não sabe muito bem por onde começar, optar por profissionais especializados nessa área pode ser a melhor opção. A Agência 242 é reconhecida com a Agência Digital do Ano pela ABRADI-SP, se consagrando no mercado por seu excelente atendimento e por seus vários casos de sucesso.

Consultor de Marketing

Fale agora com um Consultor Especialista em Marketing Digital

*Campo de preenchimento obrigatório