Selo Abradi

Já pensou mapear o comportamento dos internautas para entender o que os leva até seu e-commerce, por que desistem de fazer compras ou mesmo quem são eles?

Então não precisa mais imaginar, pois essa é uma tarefa possibilitada pela configuração de Google Analytics.

O exemplo dado acima é o de uma loja virtual, porém a configuração de Google Analytics permite mensurar o tráfego e mapear os internautas em diferentes tipos de páginas da internet, como blogs, plataformas de vídeos e fotos e redes sociais.

O que é o Google Analytics?

O Analytics é um serviço gratuito desenvolvido pelo Google.

Sua aplicação é voltada ao gerenciamento de páginas na internet e à obtenção de dados importantes, pois servem para nortear a implementação de ações de marketing e realizar análises de desempenho feitas por uma agência de marketing digital, por exemplo.

Alguns dos dados que podem ser coletados após fazer a configuração de Google Analytics são:

  • Hits de uma página, ou seja, quantas páginas foram carregadas;
  • Audiência do site, seu número de acessos e taxas de exibição;
  • Localização do acesso, que permite saber de onde está vindo os acessos à página;
  • Por qual caminho o usuário chegou à página - através de buscadores como o próprio Google, clicando em links de outros sites, anúncios e referências, AdSense, dentre outros;
  • Sistema operacional dos internautas;
  • Resolução da tela.

Os dados são de grande importância e devem ser bem utilizados, assim, ao identificar a localização geográfica de quem está acessando é mais fácil saber para onde direcionar as campanhas e quais elementos podem ser inseridos para que os clientes se identifiquem com elas.

Saber por qual sistema operacional o site está sendo acessado é útil para identificar por meio de quais dispositivos eles são realizados e, assim, ajustar o formato das mídias a eles.

O mesmo vale para a resolução de tela, que deverá nortear a produção e configuração de conteúdos.

Entretanto, é importante frisar que mesmo uma excelente configuração de Google Analytics não resolve os problemas do site.

Por trás de todo esse conjunto de dados, deve haver um webmaster habilidoso e uma boa equipe de marketing para manejá-los e criar soluções.

Como é feita a configuração de Google Analytics?

A configuração de Google Analytics não é complexa, porém seu uso é minucioso, afinal, é preciso interpretar os indicadores bem como selecionar quantos sites e páginas serão monitoradas, intervalos dos relatórios (semanal, mensal, anual), dentre outros.

O primeiro passo é ter uma conta do Google, ou seja, um endereço de e-mail que apenas você utilize. Com ela, acesse a página do Google Analytics e crie uma conta.

Depois de fornecer alguns dados e receber o código de acompanhamento já possível começar o usá-lo.

O código de acompanhamento deve ser inserido em cada uma das páginas que compõem o site e basta aguardar 24 horas para dar início à coleta de dados.

Vale lembrar que o local no qual o código deve ser inserido pode variar a depender do site (WordPress, HTML, entre outros.).

A configuração de propriedades é importante para que os dados sejam enviados e os relatórios possam ser visualizados. Para cada conta é possível cadastrar até 50 propriedades, é possível aumentar essa quantidade, mas é preciso contatar os serviços da Google.

Para realizar essa ação é preciso ter permissão para editar os dados, assim, basta fazer login no Google Analytics e clicar na opção “administrador”.

Na coluna “conta” selecione a opção “criar nova propriedade” e então selecionar o site ou aplicativo a ser monitorado.

Esta é uma propriedade interessante: não são apenas páginas na web que podem ser mensuradas pelo Google Analitycs, mas também aplicativos desenvolvidos para dispositivos móveis, que hoje representam uma grossa fatia de acessos a serviços e ferramentas online.

A configuração de propriedade também exige que o webmaster defina as categorias do setor e o dia e horário limite para emissão dos relatórios.

As propriedades ainda permitem fazer o controle mais acurado das taxas de conversão, ações de Remarketing e avaliação do site.

O ponto central e que deve ser compreendido quando ao Google Analytics é quanto melhor estruturado e configurado, mais preciso será o monitoramento feito por ele e, com isso, as ações de marketing são realizadas em solo mais firme, embasadas em indicadores reais.

Google Analytics e a agência de marketing digital

Como mostrado, o Google Analytics tem a função de coletar dados relativos ao acesso e desempenho das páginas cadastradas na conta do administrador, porém é preciso saber o que fazer com eles para melhorar os indicadores obtidos, do contrário, não terão utilidade.

Por isso, dispor dos serviços de uma agência de marketing digital é a melhor alternativa, pois as ações implementadas na internet a fim de elevar a performance do site na rede devem ser contínuas, planejadas e executadas por quem entende do assunto.

A Agência 242 foi eleita a Agência Digital do Ano pela ABRADI-SP não por acaso, afinal ela tem um time de profissionais altamente qualificado e experiente não apenas para mensurar dados de tráfego, mas também promover seu aumento e, consequentemente, alavancar as vendas.

Consultor de Marketing

Fale agora com um Consultor Especialista em Marketing Digital

*Campo de preenchimento obrigatório